“Menina Pantone”

A cor é uma característica importante nos trabalhos da designer Elisa Tramontina e do seu escritório Design Único. Responsável pelo rejuvenescimento das linhas de cozinha da Tramontina e por projetos para outros grandes clientes, ela está sempre em busca de novidades para colocar alegria e simplicidade em suas criações.

A indústria que tem seu sobrenome exerceu forte influência na escolha profissional de Elisa Tramontina. Mas, antes de se encantar pela graduação de Desenho Industrial da Ulbra e voltar a carreira para o design de produtos, gráfico e editorial, ela estava determinada a fazer arquitetura. A mudança veio perto do vestibular, enquanto conhecia as universidades. “Fiz várias perguntas sobre o curso e quando cheguei em casa disse para meu pai (Clovis Tramontina) que era exatamente aquilo que queria fazer para ajudar a valorizar a empresa. Ele achou o máximo! Entrei na faculdade, comecei a estagiar e me apaixonei pela área”, revela a designer.

Rejuvenescer a Tramontina, levando mais cor e elementos gráficos para as peças, foi um desafio para a designer

Depois de formada, Elisa fez pós-graduação na Scuola Politecnica di Design, em Milão. Na volta ao Brasil, abriu a Design Único com os sócios Marina Metz e Gustavo Giorgi (hoje seu marido). Entre os trabalhos mais marcantes do escritório, a designer destaca a releitura de uma panela clássica da Tramontina para o centenário da fábrica e o lançamento da coleção My Lovely Kitchen. O primeiro projeto envolveu mais que o redesenho da peça, que ganhou tampa de vidro e detalhes em silicone: ele conta uma história. Já o segundo representa o rejuvenescimento da Tramontina, com a inovação de acrescentar cor e elementos gráficos nos utensílios de cozinha. “Entramos com rosa, pássaros e corações, foi uma quebra de paradigma que aproximou a marca do público jovem”, comemora. Na sequência, veio a linha Rock’n’Cook e, mais recentemente, a Breakfast. A cor, inclusive, sempre foi muito presente na vida de Elisa. “Na faculdade, brincavam que eu era a menina Pantone, porque estava sempre colorida”, diverte-se. Para ela, as cores trazem alegria para os itens que cria.

Rejuvenescer a Tramontina, levando mais cor e elementos gráficos para as peças, foi um desafio para a designer

Dividindo-se entre a casa e o escritório, em Porto Alegre, a unidade da Tramontina na Serra gaúcha, em Carlos Barbosa – cidade onde nasceu –, e os filhos e o marido, Elisa estava em busca de um novo apartamento que ajudasse na rotina corrida da família, ficando perto da Design Único e de escolas. “Ficamos namorando um empreendimento da Melnick Even por um tempo até que o compramos, pois ele tinha a localização ideal e a infraestrutura que procurávamos para nossos dois filhos brincarem”, comenta. Quando sobra tempo, é em viagens, na gastronomia e no cinema que ela encontra inspiração para criar produtos simplificados, com menos informações e design mais limpo, e instigar clientes como Zaffari, Bebidas Chiamulera, Gota Limpa, além da própria Tramontina.

Formada em Desenho Industrial e com pós-graduação em Milão, o design foi uma paixão desde o início para Elisa Tramontina

 

“O principal papel do design é facilitar a vida dos consumidores com produtos que unem função e estética. Para as empresas, a grande vantagem é criar necessidades para os usuários, abrindo novos nichos de atuação.”

Elisa Tramontina, designer

 


Jornalista: Tatiana Gappmayer
Fotos: Jonas Adriano
ME Magazine – 34ª edição

Compartilhe:


Artigos similares

Foco nos homens

Acompanhando a expansão do mercado masculino, designers criam móveis e objetos para quem...

Casa dos sonhos

Aliar residência e trabalho no mesmo endereço, mas com privacidade para a ala...

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado. Required fields are marked *

Comentar *

Nome *

Email *

Website *

Copied!